segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Acusado de tentar matar quatro pessoas em Quixadá tem prisão decretada




Delegado e Comandante do Ronda afirmam que o jovem estava aterrorizando Quixadá nos últimos dias.

Um jovem acusado de tentar matar quatro pessoas na cidade de Quixadá, no Sertão Central cearense, teve a prisão preventiva decretada pela justiça na manhã desta segunda-feira, 30. Segundo o Delegado Regional de Polícia Civil de Quixadá, Dr. Marcos Sandro de Lira, a prisão do acusado já tinha sido solicitada, mas como a Comarca local passa por problemas referentes à presença de um juiz titular para responder pela mesma, a sua solicitação não tinha sido atendida.

Segundo a polícia, Marcelo Castro dos Santos, de apenas 21 anos, tentou matar a sua ex - amasiada Angélica Maria Lima, 21 anos, e o possivelmente amante Cicero Freitas de Aguiar, 25 anos, mecânico, quando os dois estavam bebendo localizados à Rua Neo Martins, no bairro Campo Velho. “Marcelo ao ver os dois bebendo não pensou duas vezes e atirou contra o casal”. Como não havia sido preso, quatro dias depois, o delegado conta que acusado foi o responsável pelo tiroteio na praça da Estação, “neste tiroteio Marcelo lesionou dois adolescentes”, garante o titular.

Segundo o Comandante do Ronda do Quarteirão de Quixadá, Capitão Adriano Cavalcante, a prisão do elemento aconteceu quando uma patrulha circulava pela rua onde o acusado morava e um dos policiais percebeu que o mesmo estava no local, então aproveitando o ensejo, os policiais o conduziram até a Delegacia Regional de Polícia Civil, mas como não tinha prisão preventiva decretada, Marcelo Castro, retornou para a sua residência, “é importante que a sociedade saiba que este indivíduo foi preso na noite de ontem [domingo], mas pela falta de juiz na cidade teve que voltar pra casa, mas hoje pela manhã conseguimos o mandado de prisão onde uma equipe do Ronda e da Polícia Civil conseguiram prendê-lo em sua residência. "Ainda foi encontrado na residencia do acusado: 02 facas, 01 facão, 01 Celular ZTC, 20g de Cocaína, 30g de Crack, 01 rolo de papel filme e R$ 535,70" em especie destacou Cavalcante. Marcelo Castro agora vai responder por dupla tentativa de homicídio e tráfico de drogas.

Um dos grandes problemas de Quixadá no tocante ao combate a criminalidade é exatamente a falta de Juízes titulares na Comarca. Segundo as autoridades policiais a lentidão tem dificultado a ação da polícia, visto que, na maioria dos casos faz-se necessária a decretação de prisão, salvo, em flagrante. É notório que as polícias: Civil, Ronda do Quarteirão e Polícia Ostensiva Geral têm desempenhado o seu papel, prendendo homicidas, traficantes e tantos outros, mas a ausência de uma justiça célere dificulta o cumprimento da lei em sua essência.

Fonte: Revista Central

Família do Tráfico: Mulheres são presas traficando drogas no Campo Velho


A chefe do quarteto colocava até a sua filha menor de idade para vender os produtos.

Os frutos da campanha "Também faço a minha segurança" que tendo por objetivo convidar a população a cooperar com a Polícia Militar em sua missão institucional de prevenção ao crime aos poucos suste efeito, prova disso foi neste sábado,28, no bairro Campo Velho onde os policiais do Ronda do Quarteirão e da Força Tática de Apoio - FTA prenderam em flagrante quatro mulheres vendendo produtos ilícitos.

O crime estava sendo acontecendo na Rua Santa Edwiges, Mutirão, quando quatro mulheres, todas da mesma família, estavam traficando drogas. A polícia só prendeu as “aviões” do tráfico, graças a uma denúncia anônima de populares, mostrando assim que o papel do cidadão também é colaborar com o Estado.

Segundo a polícia quem comandava as demais era a doméstica Antônia Lúcia de Sousa, 44 anos, com ela foi encontrado quatro pedras de crack, cinco papelotes de maconha, 12 papelotes de cocaína, um celular e a quantia de R$ 696,95 (seiscentos e noventa e seis reais e noventa e cinco centavos). Também foi presa Lucilene de Sousa da Silva, 24 anos, estava com cinco pedras de crack, quatro papelotes de maconha e quatro de cocaína, além da quantia de R$ 16,00 (dezesseis reais); a terceira envolvida é Luciana Rodrigues de Sousa, 28 anos, em poder da mesma foi encontrado cinco pedras de crack, três papelotes de maconha e sete papelotes de cocaína, um celular e R$ 4,00(quatro reais); também foi apreendida a menor C.B.S., 13 anos, filha da 1ª acusada e em seu poder foram encontradas 03(três) pedras de crack, 02 (dois) papelotes de maconha e 03(três) papelotes de cocaína. Todas as acusadas foram conduzidas para a Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá.

A prisão foi efetuada pela composição do FTA comandada pelo cabo Bandeira, soldados Filho e R. Lopes, juntamente com a policial do Ronda Stela que teve que fazer as buscas nas mulheres. Participaram também os soldados Ferreira e Aramis, ambos do Ronda do Quarteirão.



Mais Informações:
Ronda do Quarteirão em Quixadá
3445-1242 / 3445-1243 / 3445-1244
Quartel da Polícia Militar
3445-1042 / 190

Delegacia Regional de Polícia Civil de Quixadá
Rua Brasílio Pinto, 1445, Combate
(88) 3445-1047

domingo, 29 de janeiro de 2012

População parceira da Polícia


As denúncias feitas pela sociedade refletem a credibilidade da Polícia e são importantes para o combate ao tráfico

Denúncias da população têm ajudado as autoridades policiais a obter sucessivos êxitos no combate ao tráfico de drogas na Grande Fortaleza. A credibilidade do trabalho que vem sendo executado pela Polícia Militar, através do grupo Raio (Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas) e do Ronda do Quarteirão vem possibilitando sucessivas descobertas de pequenos laboratórios de produção de crack na Capital, principalmente nas áreas mais distantes do Centro e onde o tráfico de drogas torna-se mais intenso.

Um exemplo disso foi o que aconteceu na última terça-feira, quando policiais do Ronda e da 7ª Companhia do 5º BPM (Parangaba) receberam informações sobre o funcionamento de um ponto de venda de drogas na Comunidade do Jagatá, no bairro Castelão. Com o auxílio do Serviço de Inteligência, os policiais cercaram o local.

Apetrechos

A informação da vizinhança realmente tinha veracidade. Dentro de uma residência, em uma viela daquela favela, os policiais prenderam quatro pessoas adultas e um adolescente. Surpreendeu aos policiais a quantidade de drogas e apetrechos usados pelos criminosos para a fabricação das pedras de crack. No local, os PMs prenderam Francisco Cléber Braga de Oliveira, 19; Adenaildo Sousa Medeiros, 18; Valessa Carla de Oliveira Barbosa, 28; além de um adolescente de 15 anos. Todos formavam uma quadrilha que comercializava drogas naquela região da cidade.

Além de uma grande quantidade de drogas já prontas para o consumo, a Polícia encontrou também no local produtos químicos usados na fabricação da drogas, panelas, material para embalagem e outros apetrechos usados na manipulação do entorpecentes. Várias balanças de precisão, armas, munição de reserva e até uma prensa completaram as apreensões.

Raio

As denúncias da população também fazem o grupo Raio realizar, diariamente, apreensões de armas de fogo e entorpecentes. Segundo o comandante do grupo, major PM Márcio Oliveira, no ano passado o grupo apreendeu, nada menos, que 469 armas de fogo.

Nas estatísticas do Raio, relativas ás atividades de 2011, consta também a apreensão de 52 quilos de entorpecentes diversos (maconha, crack, cocaína, psicotrópicos etc), além de 42 automóveis e 81 motocicletas. As equipes confiscaram também a quantia de R$ 176 mil, dinheiro roubado ou que era utilizado pelos traficantes.

Na Barra do Ceará, os moradores da Travessa Castelo ficaram incomodados - e amedrontados - quando um grupo de traficantes se mudou para aquele local e começou a vender drogas. Um dos moradores não perdeu tempo, ligou para a Polícia e fez a denúncia do crime.

Não demorou muito, e uma equipe do Raio cercou a rua. O resultado foi positivo para a população. Dois homens e uma mulher que estavam traficando drogas foram detidos em flagrante delito.

Dentro da casa, os PMs encontraram 13 quilos de maconha prensada, 65 gramas de crack, além de muito material para a embalagem da droga.

Somente na semana passada, as patrulhas do Ronda do Quarteirão e do Raio foram responsáveis por mais de 40 prisões nas ruas da Grande Fortaleza e a maior parte dos acusados era de pessoas envolvidas com o tráfico de entorpecentes e com roubos (assaltos à mão armada).

Comunidade

O novo comandante do Batalhão de Policiamento Comunitário, tenente-coronel John Roosevelt Alencar, explica que, apesar de sua tropa executar um trabalho de cunho preventivo, também está instruída para agir na repressão ao tráfico quando houver denúncias da população.

FERNANDO RIBEIRO
EDITOR DE POLÍCIA

Fonte: Diario do Nordeste

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Ronda do Quarteirão em Quixadá lança campanha "Também faço a minha segurança"



A Polícia Militar continua vigilante e disponível para atender à população, em qualquer dia e horário. Além disso, vem se aprimorando constantemente e desenvolvendo novas tecnologias, dicas de segurança, ações e estratégias para aumentar o nível de segurança da comunidade.

Com este objetivo, o XVIII NPC, supervisionado pelo CAP QOPM Adriano Cavalcante, após os sucessos obtidos em Projetos Comunitários como "Fiz a Ronda com o Ronda", "Quixadá, te quero sem Drogas", e "Ronda da Alegria", está lançando a campanha “Também faço a minha segurança”, de autoria de policiais militares integrantes do Programa Ronda do Quarteirão de Quixadá/Quixeramobim, tendo por objetivo convidar a população a cooperar com a Polícia Militar em sua missão institucional de prevenção ao crime.

A iniciativa consistirá num intenso trabalho educativo, promovido através de palestras e distribuição de folhetos com Dicas de Segurança direcionadas a diversos segmentos sociais, contemplando desde o transeunte em circulação na via pública, até mesmo os comerciantes, gerentes de banco e estudantes da rede pública e privada das duas maiores cidades do Sertão Central do Estado.

Tal medida, além de colaborar para a criação de uma rede de proteção social, onde o próprio cidadão é persuadido a assumir condutas e adotar medidas para colaborar com a sua própria segurança, ainda encontra respaldo na Constituição Federal, através do seu Art. 144, o qual declara que: "A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio..."

“A experiência policial nos revela que por trás de grande parte dos crimes registrados nos plantões policiais, a desatenção, ou mesmo a negligência da vítima, fora um fator determinante para a consumação do crime, especialmente quando se tratam de delitos contra o patrimônio, como os roubos e furtos. Ao convidarmos a comunidade para essa reflexão, despertamos no indivíduo a consciência de que seu papel no contexto da Segurança Pública é de fundamental importância, especialmente se ele não cria as condições favoráveis para ser vítima de um delito que poderia perfeitamente ser evitado." Garante o CAP QOPM Cavalcante.


Assessoria de Comunicação do XVIII NPC
Cilasoliv1@hotmail.com
(88) 3414-5767

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Ronda Sertão Central registra redução nos índices criminais em sua área jurisdicional.


Com 01 ano e 10 meses de pleno funcionamento do Programa Ronda do Quarteirão na Região Sertão Central do Estado, o XVIII Núcleo de Policiamento Comunitário registra notável redução dos indicadores de criminalidade, corroborados pelo aumento na sensação de segurança percebida pela maioria da população urbana residente em sua área jurisdicional.

Embora destacando um pequeno revés nos registros relativos a roubos e furtos nesta urbe, já minimizados em decorrência de recentes prisões de quadrilhas especializadas que agiam na região, segundo o CAP QOPM Adriano Cavalcante, Supervisor do Ronda do Quarteirão, após análise comparativa entre os anos de 2011 e 2010, houve, em contrapartida, decréscimo no numero de homicídios da ordem de 45%, acompanhado pelo aumento no número de apreensões de armas de fogo em 12,1%, como também na elevação do quantitativo de prisões e apreensões por trafico de entorpecentes, da ordem de 103,1%. (*)

“Os resultados obtidos são reflexos de uma atuação cada vez mais eficiente das equipes de policiais militares pertencentes ao XVIII Núcleo de Policiamento Comunitário, sediado em Quixadá, os quais têm promovido com eqüidade a repressão e a prevenção à criminalidade na região, com o foco inteiramente voltado para o bem estar da comunidade. A partir do momento em que todos compreenderem essa filosofia, a sociedade e a instituição policial andarão juntas com o objetivo único de reciprocidade de tratamento e informações, mudando, portanto, a atual realidade criminal brasileira”, garante o CAP QOPM Cavalcante.

(*) Dados estatísticos referentes à área jurisdicional do XVIII NPC (Quixadá e Quixeramobim)



Assessoria de Comunicação do XVIII NPC/Quixadá

Cilasoliv1@hotmail.com

(88) 3414-5767

Artigo: Analise Criminológica da violência em Quixadá


Realmente, Quixadá passa por uma fase difícil na Segurança Pública, isso é evidente. Mas há que se ressaltar que o termômetro da segurança se mede a partir do grau de sintonia entre o Sistema de Segurança Publica e o de Justiça Criminal, os quais caminham lado à lado no tocante à repressão e prevenção ao crime.

Note-se que, do final do ano passado até o presente, houve uma dispersão generalizada de promotores e juízes das Comarcas de Quixadá, os quais não foram, até o momento, devidamente substituídos. Coincidência ou não, paralelamente a estes acontecimentos, os índices de violência estouraram em nosso município, culminando com registros de homicídios e roubos como há muito não se via.

Concomitantemente a isto, nunca se fizeram tantos procedimentos policiais na Delegacia Regional de Quixadá, com prisões de homicidas, traficantes e assaltantes contumazes. Isto no entanto não tem surtido o efeito esperado. Por quê???

Como Bacharel na ciência Segurança Pública, responderia de antemão que dentre as razões principais, figura em primeiro plano, como sempre, a IMPUNIDADE. A Justiça é lenta para condenar, porem ágil para soltar. É o que justifica a existência de milhões de processos criminais que se arrastam nas comarcas de todo o país aguardando julgamento, enquanto a população se vê refém da violência.

O Sistema de Justiça Criminal leva anos para julgar e, quando julga, muitas vezes opta por penas brandas ou alternativas e em sistemas penitenciários que ao invés de recuperar, especializam cada vez mais os infratores da Lei na arte do crime, fazendo-os retornar para o seio da sociedade com uma probabilidade superior a 80% de reincidência criminal, segundo dados estatísticos provenientes do Ministério da Justiça.

Em outras palavras, vislumbramos aí o efeito "bola de neve", onde percebe-se que os bandidos de hoje continuarão sendo os bandidos de amanhã, somados àqueles que surgirão com o passar do tempo, colaborando, portanto, para o crescimento desordenado da população marginal de nosso país, na contramão das leis penais que a cada dia se abrandam mais, o que sugere que a violência e suas consequências despontam como um fenômeno de tendência crescente em nossa comunidade, face a inércia ou mesmo negligência do Poder Público Federal frente os quesitos outrora mencionados.

Julgo não ser um momento oportuno de caça às bruxas, mas de reflexões profundas acerca dessa realidade, que na maioria das vezes escapa ao conhecimento da população de bem, que figura como maioria absoluta em nossa sociedade.

Reivindicar melhorias é um direito constitucional assegurado a todos, mas também importa que saibamos onde e a quem fazê-la. O Programa Ronda do Quarteirão de Quixadá, enfim, jamais se furtou ou se furtará do compromisso assumido junto à população quixadaense de fazer aquilo que tiver de melhor ao seu alcance para a promoção da cultura de paz no seio de nossa comunidade, embora também estejamos cientes de que, sozinhos, tudo o que fizermos jamais será o bastante.

Adriano Cavalcante - Cap QOPM
Comandante do XVIII Núcleo de Policiamento Comunitário

PMs visitam bebê nascido em viatura



Equipe de policiais do Ronda do Quarteirão conheceu o bebê que nasceu dentro da viatura, quando deslocava a mãe já em trabalho de parto
Quixadá. Após um merecido repouso, os policiais do Ronda do Quarteirão de Quixadá, Victor Samuel Bezerra Almeida, Davilson Bezerra Pinheiro e Raphael Herbson Lima resolveram fazer uma visita ao Hospital Maternidade Jesus Maria José. Havia motivo. Na madrugada do último sábado, 21, eles auxiliaram no parto do sexto filho da dona de casa Katiana Vital da Silva, 30 anos. A equipe da RD 1243 havia sido acionada para transportar a gestante, em trabalho de parto, até a maternidade. Não deu tempo. Jenifer Vitória resolveu nascer minutos antes, há cerca de 500 metros da sala de parto.

Foi Samuel quem auxiliou no parto. Segundo ele, a placenta já havia estourado e as contorções haviam aumentado muito. A mãe não estava suportando mais as dores e passou a tirar a roupa. Não tiveram alternativa. Davilson, motorista da viatura, parou na esquina de um posto de combustíveis, o Itajubá. Ficou no volante aguardando o momento para seguirem às pressas para o hospital. Enquanto Raphael informava a situação ao Centro de Operações Policiais Militares (Copom), ele, Samuel se ajoelhava no assento traseiro e ajudava a puxar o bebê.

Katiana da Silva agradeceu e elogiou o auxílio dos policiais naquele momento de sufoco. Ela também não esperava passar por tal situação. A filha caçula nasceu saudável, com 49 centímetros e 2,720Kg. O pai, José Genaldo da Silva Nascimento, quem pediu auxílio à Polícia, estava em casa, cuidando dos outros cinco filhos do casal.

Fonte: Diario do Nordeste

sábado, 21 de janeiro de 2012

Bebê nasce dentro de viatura do Ronda do Quarteirão em Quixadá


Uma senhora de 32 anos deu à luz um bebê, na manhã deste sábado, 21, dentro de uma viatura do Ronda do Quarteirão, no município de Quixadá.

Raphael Herbson Lima, policial do Ronda do Quarteirão e componente da RD 1243, contou que estavam realizando rondas ostensivas no bairro Campo Velho, por volta das 03hs, quando foi abordado nas proximidades do Quartel da Policia Militar, pelo senhor José Genaldo da Silva Nascimento, esposo de Katiana Vital da Silva. Ele disse aos policiai do Ronda que necessitava de ajuda para conduzir sua esposa para a Maternidade. Os Policiais: Davilson, Samuel e Raphael, deslocaram-se para a residência de Katiana que a encontraram já com a bolsa rompida. Imediatamente os policiais a colocaram na RD 1243 (Viatura) e nas proximidades do Posto de combustível Itajubá, Katiana entrou em trabalho de parto, não deu tempo. No meio do trajeto, dentro da RD do Ronda do Quarteirão, nasceu a criança.

A criança veio ao mundo de parto natural, com a ajuda do Soldado Victor Samuel Bezerra Almeida que estava no veículo. Mesmo após o beber nascer, os policiais concluíram o trajeto para a Maternidade Jesus, Maria e José, onde mãe e filha estão internadas e passam bem.

IMPORTANTE: Foto ilustrativa

Assessoria de Comunicação do Ronda/XVIII NPC/Quixadá
cilasoliv1@hotmail.com
(88) 3414-5767 video

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Ronda distribuirá 1.860 Cartilhas do PROERD na Região do Sertão Central



Educadores Sociais do PROERD de Quixadá compareceram ao Batalhão de Policiamento Comunitário (BPCOM) para receber da Coordenação Institucional do PROERD, na sede da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a Nova Cartilha do Estudante, contendo 12 lições, que serão distribuídas nas cidade de Quixadá, Ibicuitinga, Banabuiú e Choró, para 1.860 alunos do Programa Educacional de Prevenção às Drogas e a Violência (PROERD), que estão cursando o 5° e 6° Ano do Ensino Fundamental, para o ano letivo de 2012. A entrega foi procedida pelo TC Cel Mendonça, Ten PM Messias Mendes , CB PM Selson e CB PM De Assis da Coordenação Institucional do PROERD. As Novas Cartilhas foram confeccionadas pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social em parceria com o Governo do Estado do Ceará.

O Educador Social do PROERD Cila Rodrigues disse que "Antigamente as Cartilhas eram patrocinadas pelas prefeituras e empresas simpáticas ao programa. Agora todas as crianças terão à mão sua cartilha para aprenderem a dizer não às drogas; É uma demonstração da SSPDS e do Governo Cearense no combate a prevenção as drogas".

A Policia Militar do Ceará inova sua missão de combate às drogas e a violência através do PROERD, que é a versão brasileira do (D.A.R.E), surgido em 1983. No Brasil, o programa foi inaugurado 9 anos depois do projeto inicial (1992) e hoje conta com a parceria POLICIA + ESCOLA + FAMILIA.

A Policia Militar entende que, apesar da dimensão sociológica do problema das drogas e da violência, pode contribuir, de maneira imprescindível e eficaz, através de seus agentes, no combate à problemática em questão e no resgate dos valores humanos, a partir da instrução das crianças e adolescentes assistidos pelo PROERD, e visa, com o programa, oferecer mais um fator de proteção, que contribuirá para o fortalecimento da cultura de paz e a construção de uma sociedade mais saudável e feliz, pois a própria experiência de sucesso tem mostrado tal fato, e esta é sem duvida a melhor recompensa e fator motivacional para que se continue tal desafio.

Entendendo esta filosofia o XVIII – Núcleo de Policiamento de Quixadá (Ronda do Quarteirão), comandado pelo CAP QOPM Adriano Costa Cavalcante, implanta neste ano de 2012, o PROERD no intuito de contribuir na prevenção e combate as drogas na Região do Sertão Central. O programa só existia na idade de Quixadá e Quixeramobim. Agora estar sendo implantado nos municípios de Choró, Ibicuitinga e Banabuiú. A meta é alcançar todas as crianças da região com o programa.

PROERD – Nossas Crianças Longe das Drogas

Assessoria de Comunicação do Ronda
cilasoliv1@hotmail.com
(88) 9992-3284

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Ronda recupera tablet de prefeito


O uso da tecnologia possibilitou que policiais militares conseguissem recuperar um tablet que pertence ao prefeito do município de Quixeramobim, no Sertão Central do Ceará, e que havia sido furtado da casa do gestor.

Segundo a Polícia, o equipamento foi encontrado em poder de um adolescente com a ajuda do sistema de geolocalização e de um sistema que pode ser acessado pela internet. O aparelho estava em uma residência no Centro do município.

Conforme os militares, funcionários da prefeitura conseguiram descobrir onde o tablet estava e entraram em contato com a patrulha do Ronda do Quarteirão. De posse do endereço, os PMs se dirigiram ao local.

Detido

Na residência, uma adolescente de 17 anos disse ter comprado o aparelho de um homem e teria pago a R$ 70,00. A Polícia chegou ao homem e ele foi encaminhado à Delegacia Regional de Quixeramobim. Segundo a Polícia, a mulher do homem teria sido a responsável pelo furto. Os dois suspeitos do furto foram liberados em seguida, mas um inquérito policial foi instaurado para apurar o caso.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Municipio de Ibicuitinga implantará PROERD para 240 crianças do Ensino Fundamental


Dando continuidade a politica de ampliar o PROERD para todos os municípios cearenses, mais uma cidade aderiu ao maior Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (PROERD). Desta feita, o município de Ibicuitinga através do secretario de educação Dr. Davis Yuri de Vasconcelos, recepcionou os Educadores Sociais do PROERD que estiveram em seu gabinete para apresentar o programa a ser implantada na Escola de Ensino Fundamental Eneias Ferreira. Ao todo 250 crianças do Ensino Fundamental e que estão cursando o 5º e 6º participarão do programa.

A implantação do PROERD em Ibicuitinga agradou a autoridades politicas, administrativas, educadores e familiares. Em conversa com os Policiais do Ronda que estiveram na cidade para implantar o PROERD, o Secretário de Educação do município Davis Yuri disse; “Nossa cidade dar importante passo na prevenção e combate as drogas e a violência. A participação dos Educadores Sociais do PROERD em nosso município contribuirá na conscientização de crianças e adolescentes”.

Entenda o que é PROERD


Em 2011, o programa ficou ao cargo do Ronda do Quarteirão, por estar mais próximo do cotidiano da comunidade, quase triplicando o número de crianças atendidas em 64 Municípios do Estado. De todo modo, até mesmo apoiadores do programa reconhecem a importância do papel da família e da escola. Enquanto aumenta o número de usuários de drogas no Ceará, o Proerd chega com um aviso aos pais: "eduque o seu filho antes que o traficante o adote”

Capacitação

Ao todo, no Estado, foram capacitadas 58.263 crianças de 64 Municípios, englobando 402 escolas, em 2011. Desde que foi criado, em 2001, o programa já atendeu a mais de 195 mil crianças. Segundo a Coordenação Institucional do PROERD, um dos maiores fatores para a ampliação no atendimento foi a entrada do Ronda do Quarteirão como o novo responsável pelo programa.

"Praticamente triplicou o número de crianças participantes", afirma. Em 2012, a meta é dobrar o número de Municípios atendidos pelo programa. Durante o mês de janeiro haverá capacitação de novos educadores sociais, os quais hoje são 90.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Município de Banabuiu implantará PROERD para 230 Crianças da Rede Pública Educacional




Os Educadores Sociais do PROERD estiveram recentemente no município de Banabuiú no intuito de implantar o Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (PROERD).

A reunião aconteceu no gabinete da Secretaria de Educação do município, com a presença do secretario de educação Sebastião Alexandre Lucas de Araújo, Patrícia Almeida da Silva presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e Adolescentes e Dr°. Júlio Cesar Ischiara, psicólogo.

Os Educadores Sociais do PROERD disseram, as autoridades educacionais, que o PROERD é o maior programa de prevenção as drogas e a violência já implantado em mais de 60 países e que a meta do BPCOM ( Batalhão de Policiamento Comunitário), é expandir para todos os municípios do Ceará. Atendendo a esta determinação, o Cap QOPM Adriano Costa Cavalcante solicitou aos Educadores Sociais do PROERD, CB PM Cila Rodrigues e SD PM João Alves Campos contatar com os municípios de Ibaretama, Banabuiu, Choro e Ibicuitinga para a implantação do PROERD.

230 alunos das escolas públicas do município de Banabuiu: EEF Irmã Ruth Távora de Albuquerque e Centro Educacional Municipal Celestino de Sousa serão comtemplados com o programa. O Educador Social do PROERD, Cila Rodrigues disse “É muito importante para a Região do Sertão Central a implantação do PROERD, Por que demonstra o interesse das autoridades politicas e educacionais no combate as drogas e a violência”.

O Secretário de Educação Sebastião Alexandre disse “Era um sonho da Secretaria de Educação a implantação do PROERD. Hoje, com a visita dos Educadores Sociais do PROERD nos conscientizamos da importância do programa na prevenção as drogas e a violência em nossa cidade”.

Assessoria de Comunicação do Ronda de Quixadá
Email: cilasoliv1@hotmail.com
Contato: (88) 9992-3284

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Ronda implantará PROERD no municipio de Choró



Educadores Sociais do PROERD estiveram no município de Choró para importante reunião com autoridades administrativas para a implantação do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (PROERD).

Participaram da reunião a vice-prefeita Maria do Carmo Silva do Nascimento, o Secretário de Educação Manoel Maciel de Queiroz, e o Assessor Educacional Fabio Galdino.

Os Educadores Sociais do PROERD, CB PM Cila Rodrigues de Oliveira e SD PM João Alves Campos, expuseram sobre a importância do programa na prevenção e combate as drogas e a violência. Na oportunidade apresentaram a Nova Cartilha do PROERD com 12 lições a serem aplicadas no ano letivo 2012, para 250 crianças do Centro Educacional Municipal Dom Bosco, no município de Choró.

O Educador Social do PROERD Cila Rodrigues disse: “Ficamos maravilhados com a receptividade da administração municipal do Choró, na demonstração sincera de implantar o PROERD no município. Esperamos contribuir no empenho firme e constante no combate às drogas e a violência".

A determinação do CAP QOPM Adriano Costa Cavalcante – Supervisor do XVIII/NPC (Ronda do Quarteirão) é implantar nas cidades de Choró, Ibaretama, Banabuiu e Ibicuitinga o Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (PROERD).

A Vice-Prefeita de Choró Maria do Carmo Silva do Nascimento, disse que: “Nos empenharemos para implantar com a maior urgência o PROERD. A administração municipal de Choró não medirá esforços em conscientizar e orientar nossas crianças na prevenção as drogas em nossa cidade”.

Após reunião, o CB PM Cila Rodrigues concedeu entrevista exclusiva ao repórter Erivaldo Silva da Rádio Monólitos de Quixadá, falando da implantação do PROERD em mais uma cidade do Sertão Central.

Assessoria de Comunicação do Ronda
cilasoliv1@hotmail.com
(88) 9992-3284

domingo, 8 de janeiro de 2012

Polícia realiza apreensão de drogas e arma de fogo em Quixeramobim


Os elementos foram conduzidos para a Delegacia de Quixadá.

Nas primeiras horas deste sábado, 07, as viaturas do Ronda do Quarteirão conseguiram apreender armas e drogas em meio a um processo de saturação de rotina no bairro Humberto Bezerra, na cidade de Quixeramobim, quando se depararam com um individuo que estava comprando droga em uma boca-de-fumo nas mediações.

Policiais Militares observaram o movimento e decidiram abordar o individuo que estava com drogas, em seguida deram voz de prisão aos acusados de tráfico de drogas, João Paulo Cruz Monteiro, 22 anos e Alexandre Cruz Monteiro, 21 anos, e um menor de idade. Segundo a polícia o menor é irmão dos acusados.

Com os indivíduos foram encontrado um revólver cal.38, duas cartuchos intactos, uma quantia de R$ 440,00 reais, 37 papelotes de cocaína, 04 celulares e 02 relógios. Tudo indica que os objetos foram frutos de drogas de usuário por drogas, sendo que em muitos casos estes objetos são roubados.

Após a operação realizada por policiais do Ronda com apoio do Policiamento Ostensivo Geral-POG, os elementos foram conduzidos para a Delegacia Regional de Quixadá para serem realizados os procedimentos. Visto que em Quixeramobim a delegacia não está funcionando. Em Quixadá apena o Delegado Dr. Marcos Sandro de Lira está fazendo os procedimentos em companhia de um inspetor.

Mais Informações:
Delegacia de Polícia Civil de Quixeramobim
Rua Dr. Miguel Pinto, 100
(88) 3441-0302

Fonte: Revista Central